Notícias

PRESIDENTE DO SENGE SE REÚNE COM REPRESENTANTES DA ASSOCIAÇÃO DOS FAMILIARES DE VÍTIMAS DA BOATE KISS

O presidente do SENGE, Alexandre Wollmann esteve em Santa Maria nessa sexta-feira (26), em reunião na Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM), com o presidente da entidade, Flávio Silva e o ex-presidente, Sergio Silva.

Presidente da AVTSM também confirmou presença no I Encontro Riograndense de Segurança Contra Incêndios

No encontro, o presidente do SENGE recebeu a doação dos livros “Midiatização da Tragédia de Santa Maria”, volumes I e II, de Ada Cristina Machado da Silveira (organizadora), da editora FACOS-UFSM.

Ex-presidente da AVTSM, Sergio Silva entrega livro doado ao SENGE 
Ex-presidente da AVTSM, Sergio Silva entrega livro doado ao SENGE

Wollmann e os representantes da AVTSM também falaram sobre o I Encontro Riograndense de Segurança Contra Incêndios, que acontece no dia 08 de agosto, a partir das 13h, no Auditório do SENGE, em Porto Alegre. Com a presença já confirmada do presidente da AVTSM, o evento é promovido pelo SENGE com apoio da UFRGS, Unisinos, PUCRS e Universidade de Coimbra, com o objetivo de englobar os principais atores da área de Segurança Contra Incêndio, um dos temas mais desafiadores da Engenharia no RS.

A realização do o I Encontro Riograndense de Segurança Contra Incêndios se soma a uma série de iniciativas promovidas pelo SENGE com o objetivo de ampliar o debate acerca da Lei de Incêndios. Em maio de 2018, a entidade levou para Santa Maria o evento Painéis da Engenharia, que abordou o tema de segurança e prevenção a incêndios. Naquela ocasião, os fundos arrecadados no evento foram revertidos à AVTSM, que concedeu ao Sindicato o Certificado de Reconhecimento pelo trabalho desenvolvido.

Além disso, o SENGE também atua diretamente junto ao Poder Executivo e parlamentares, discutindo e fazendo as críticas necessárias à legislação e à estrutura pública para prevenção e combate a incêndios, o Sindicato também é parceiro da Associação de Familiares AVTSM no protocolo de petição à Organização dos Estados Americanos (OEA). O documento denuncia a omissão do Poder Público e pede a responsabilização do Brasil pela tragédia e pela violação dos direitos das famílias. Naquela oportunidade o diretor do SENGE, Alexandre Wollmann, repudiou mais uma vez a flexibilização da Lei Kiss, que novamente coloca em risco toda a sociedade. 

Imprima esta página