Notícias

Ciclo de Palestras SENGE traz especialista da OMS para tratar sobre saúde ocupacional na Construção Civil

A palestra acontece no auditório do SENGE, no dia 10 de junho, a partir das 18h. As inscrições são gratuitas.

No dia 10 de junho, a partir das 18h, o SENGE recebe a engenheira civil e higienista ocupacional,  Berenice Isabel Ferrari Goelzer, para tratar sobre a importância da saúde ocupacional na indústria da construção civil. Essa é mais uma iniciativa do Ciclo de Palestras SENGE, e tem inscrições gratuitas.

Cientista, responsável por Higiene Ocupacional em nível internacional na Organização Mundial da Saúde em Genebra por 25 anos, a engenheira Berenice irá abordar o nexo causal entre trabalho e doença e a importância de promover as ações preventivas eficazes nessa área.   

Os acidentes de trabalho na construção civil são bastante conhecidos e o nível de prevenção está bem avançado. Entretanto, ainda é necessário promover o conhecimento acerca das doenças ocupacionais associadas à construção, bem como sua prevenção.  A medida que os acidentes neste setor se tornam mais controlados, as estatísticas das doenças ocupacionais melhoram.  De acordo com o HSE (Health and Safety Executive), na Inglaterra, um trabalhador na construção civil tem uma probabilidade cerca de 100 vezes maior de morrer de uma doença ocupacional, ou agravada pelo trabalho, do que de um acidente do trabalho.

Garanta já a sua vaga.


Sobre a palestrante:

Berenice Isabel Ferrari Goelzer

Engenheira Civil e Higienista Ocupacional. 

Master em Saúde Pública e Higiene Industrial (Universidade de Michigan - Ann Arbor, EUA); cursos nas Escolas de Saúde Pública da Universidade de Pittsburgh e Universidade de North Carolina, onde trabalhou em projeto de pesquisa; cursos de especialização no Brasil.

Certificada como CIH (Comprehensive Industrial Hygiene Practice) durante 35 anos pelo American Board of Industrial Hygiene (ABIH, EUA), e em Higiene Ocupacional pela ABHO (Associação Brasileira de Higienistas Ocupacionais).  Premiada internacionalmente, com o “William P. Yant Award” (Washington. D.C., 1996) e o “Life Achievement Award” da IOHA - Associação Internacional de Higiene Ocupacional (Bergen, Noruega, 2002).

Cientista, responsável por Higiene Ocupacional em nível internacional na Organização Mundial da Saúde (OMS, Genebra) por 25 anos; chefe de Higiene Ocupacional na FUNDACENTRO (órgão do MTE) e docente convidada na Escola de Saúde Pública (USP-SP); docente (Higiene do Trabalho) na UFRGS por cinco anos.

Atualmente consultora, palestrante, instrutora de cursos e autora de publicações. Associações profissionais: ABHO (Brasil), American Conference of Governmental Industrial Hygienists (ACGIH, EUA – onde pertenceu a dois Comités Científicos) e British Occupational Hygiene Society (BOHS, Inglaterra). Foi membro da American Industrial Hygiene Association (AIHA, EUA) por 40 anos e membro-fundador da Société Suisse d'Hygiène du Travail, bem como editora da newsletter da IOHA (International Occupational Hygiene Association) durante 11 anos, m membro do Conselho da IOHA por 3 anos e sua Conselheira por 6 anos.

 

 

Imprima esta página