Notícias

SENGE LIBERA PRECATÓRIOS NA AÇÃO DO PISO DA CIENTEC

O Sindicato dos Engenheiros garantiu mais uma vez na Justiça, em ação coletiva, o cumprimento do Salário Mínimo Profissional, conforme rege a Lei Federal nº 4950-A/66. Dessa vez foram beneficiados os profissionais da CIENTEC, que tiveram o seu direito ao Piso Salarial reconhecido em todas as instâncias judiciais pelas quais a ação tramitou desde o seu ajuizamento em 1992.

Todas as decisões condenatórias foram em desfavor da CIENTEC, não cabendo mais nenhum recurso.  Para o cumprimento da sentença, os pagamentos das diferenças salariais devidas aos empregados da fundação serão feitos por precatório. Por essa razão, a assessoria jurídica do SENGE requisitou o pagamento preferencial por idade e também por motivo de saúde para diversos beneficiários, com a máxima urgência.

Alguns desses requerimentos já foram atendidos, como no caso dos colegas José Eduardo Mallmann, José Luiz Marquezan e Newton Romeiro da Fonseca. Eles estiveram reunidos com os diretores do SENGE, Alexandre Wollmann e João Leal Vivian, nesta terça-feira (28), ocasião em que receberam os valores aos quais têm direito graças à ação do SENGE.

Imprima esta página