Energia Fotovoltaica

Descontos em sistemas de energia solar

Convênio entre SENGE e a empresa Fotosfera Energia, prevê fornecimento de instalação de sistemas de energia solar para uso residencial ou comercial, com condições especiais para sócios.

Além de 10% de desconto, os sócios do Sindicato podem ter acesso a uma linha de financiamento especial em até 60 parcelas. 

Interessados devem agendar atendimento pelo e-mail energiasolar@senge.org.br. Plantão nas manhãs das terças-feiras.

 
SAIBA MAIS SOBRE ENERGIA FOTOVOLTÁICA

Diariamente uma quantidade incrível de energia atinge nosso planeta, de forma gratuita e limpa. Estudos mostram que se fosse possível captar e armazenar toda essa energia, em apenas duas horas teríamos toda energia necessária para atender o consumo mundial por um ano.

Mas o que é uma fonte de energia “renovável”?
São aquelas que podem ser repostas por processos naturais a taxas maiores do que o consumo humano.

Então “renovável” é diferente de “sustentável”?
Sim. Enquanto ser renovável tem a ver com a relação entre as taxas de produção e consumo de energia, ser sustentável tem a ver com a geração de resíduos no processo produtivo e outros impactos ambientais relacionados à fonte. E quanto a esse aspecto, a energia solar é uma das mais sustentáveis pois além de se integrar muito bem às construções urbanas e rurais não gera nenhum resíduo no seu processo de produção.

E como é possível gerar eletricidade a partir do sol?
A tecnologia para captação de energia solar surgiu em 1860, mas permaneceu no ostracismo até a primeira crise do petróleo, em 1973. O raio solar é um fluxo contínuo de pacotes de fótons, ou seja, energia pura que é transformada em eletricidade por células fotovoltaicas feitas geralmente de silício. Ao atingirem o silício, os fótons despertam elétrons presentes no material, gerando eletricidade. Quanto maior a intensidade da luz, maior é o fluxo de eletricidade. A eletricidade gerada pelas células fotovoltaicas está em corrente contínua e pode ser imediatamente usada ou armazenada – possibilitando assim as instalações chamadas “off grid”, ou seja, desconectadas da rede de fornecimento comum de energia elétrica. Em sistemas conectados à rede, os chamados “on grid”, no entanto, a corrente da energia gerada precisa ser convertida em alternada, com frequência, conteúdo e forma de onda que permitam que ela seja lançada na rede da distribuidora de energia. Para isso se usa o equipamento batizado de inversor. O esquema a seguir resume o processo:

Conheça os 10 principais benefícios da energia solar fotovoltaica

1. FIM DA EXPOSIÇÃO AOS AUMENTOS DAS TARIFAS DE ENERGIA. Ao longo dos últimos 5 anos o IPCA médio anual foi de 6,3%. A inflação das tarifas de energia, no entanto, foi o dobro: aumentou 12% por ano, em média! Quem tem energia solar não fica mais exposto aos aumentos nas tarifas.

2. PREVISIBILIDADE NO CONTROLE DE GASTOS: além de não sofrer mais o impacto abusivo da inflação energética, quem tem energia solar não é surpreendido por aumentos oriundos de aplicação de bandeiras tarifárias.

3. ECONOMIA IMEDIATA: uma vez instalado e vistoriado pela concessionária, os efeitos em termos de economia são percebidos imediatamente na conta de luz e podem chegar a reduções de até 95% em relação ao nível de gasto anterior à adesão à energia solar.

4. LONGA VIDA ÚTIL: os sistemas de geração de energia solar têm vida útil de 25 anos com taxas mínimas de eficiência de 80%. Depois disso irão continuar produzindo, mas com taxas de eficiência menores.

5. BAIXÍSSIMO CUSTO DE MANUTENÇÃO: as estruturas de geração de energia não dão nenhuma dor de cabeça para seus usuários. A manutenção, quando necessária, se resume basicamente a fazer uma lavagem profissional dos módulos uma vez por ano para garantir a eficiência máxima dos módulos.

6. AUMENTO NO VALOR PATRIMONIAL DO IMÓVEL: uma residência ou empresa autossuficiente em energia pode compensar o investimento embutindo o valor do mesmo nos seus ativos.

7. VALIDADE DOS CRÉDITOS: a norma que rege a geração de energia solar distribuída no Brasil prevê que, em caso de períodos em que a produção é maior que o consumo, o excedente fica “armazenado” na concessionária por até 5 anos em forma de créditos, que vão sendo compensados em períodos em que o consumo for maior que a geração.

8. MODULARIDADE E ADAPTABILIDADE: as estruturas são facilmente adaptáveis a construções urbanas. Além disso, se uma residência ou empresa aumentar o consumo basta adicionar mais módulos aos já instalados.

9. MELHORIA DA IMAGEM: seja pessoa física ou jurídica, pega muito bem junto à comunidade mostrar preocupação com as corretas atitudes ambientais e com a sustentabilidade do planeta.

10. O INVESTIMENTO É SEGURO E DE BAIXO RISCO, COM RETORNO GARANTIDO: uma das únicas coisas certas na vida é que o sol vai nascer amanhã. Outra é que o mundo contemporâneo não vive sem – e vai precisar cada vez mais de – energia. A terceira é que a tendência no Brasil é que as tarifas de energia vão continuar subindo, provavelmente mais do que os índices de inflação oficiais. Neste contexto, sabendo que é certo que você irá gastar cada vez mais com energia, um investimento como esse faz todo o sentido. A Fotosfera Energia apresenta ainda condições de financiamento com instituições financeiras parceiras em que eventualmente você consegue trocar o que gasta em conta de luz pelo valor do financiamento: desembolsa o mesmo e no fim do prazo de pagamento virtualmente acaba com seus gastos com luz!

 

Imprima esta página